quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007

UM COPO DE TINTO DO DOURO

Leio no restaurante a carta de vinhos organizada por regiões para ver o que me apetece beber a acompanhar uma boa posta de carne e uma sobremesa de papos de amor de Lamego.
Há verdes, como o Alvarinho branco ou o vermelho de Vinhão, brancos e tintos do Dão e da Bairrada touriga nacional, da Estremadura, Colares e Bucelas, do Alentejo de cepa aragonês (lembro me como me soube bem o Esporão) e do Douro, muitos.

Aqui o pensamento fugiu-me para o Solar do vinho do Porto, com uma maravilhosa vista para Gaia, os seus armazéns de nomes conhecidos e os escassos rabelos que transportam néctar do preço do ouro: o vinho do Porto Quinta do Noval vintage 1931 (mais de mil contos a garrafa) foi considerado um dos doze melhores vinhos do século xx; mas há os Taylor, os Ramos Pinto, os Fonsecas, tantos outros.
Com um Fonseca 1994, cor violeta, aromas florais, sabor a uvas e amoras, viajamos pelo Douro e pelos seus outros vinhos, tintos, sempre tintos: Ferreirinha, Barca Velha, Redoma, Fojo, Gaiosa, Criseia, Vallado, Quinta do Cotto, Quinta da Pacheca, Quinta de la Rosa , Quinta do Castro, sem lá.
Escolho o Redoma para viajar dentro de mim pelo Douro: os especialistas dizem que há nele fogo e especiarias, paixão e pouco cérebro: bom para inebriar.
A paisagem do Douro espraia-se por vales, onde se encontram declives suaves e arredondados em contraste com fragas íngremes e agrestes.

Há o rio e aldeias que se misturam com casas mais ou menos solarengas encaixadas em socalcos repletas de cepas.
Há a Régua, onde em 1756 foi fundada a Real Companhia Geral do Alto Douro, com os vitrais da Casa do Douro.
Mesão Frio, Vila de Tabuaça, perto a Quinta do Bom Retiro ( o Ramos Pinto vem de lá).
Há as linhas negras e envelhecidas do comboio de brincadeira entre o Pocinho e Barca de Alva, onde se pode ver o êxtase das amendoeiras em flor. E a linha do Tua. E o abandono de grande parte delas.
Tudo a bordejar o rio, onde também se vêem olivais e laranjeiras, aves como o abutre do Egipto, o crujo ou a coruja das torres.
Há Ventozelo, perto do Santuário de S Salvador, ali junto a Vila Nova de Foz Côa.
E as pequenas ermidas espalhadas pela encosta do Monte da Frágua.
E o Vale de Meão, onde começou o Barca Velha, e a quinta do Vesúvio, da D Antónia, e o Vale Abraão (esse do Manuel de Oliveira), a quinta da Boavista do Barão de Forrester, a do Castro e os vestígios árabes e romanos.
O Douro é uma terra de vertigens, de gente que vive como se nada fosse, à porta de precipícios.
E que aprendeu a tirar da terra o bem supremo da vinha, o vinho, que transformou tudo em património da humanidade.
O copo de tinto Redoma leva-ma ao Pinhão, à sua estação de caminho de ferro e os seus azulejos com motivos vinícolas.
É aqui, centro geográfico da região demarcada do Douro, com a soberba vista da Casa Grande, que me vou instalar no lindíssimo e romântico hotel de charme, e sonhar com o meu amor.
E com ele viajar por recantos do Douro, que ficam para outra ocasião.

31 comentários:

João JR disse...

Olá:)
E estás num sitio lindo...espero que aproveites bem e sonhes muito!
Adoro o Douro, já fiz essa viagem com a minha filhota e jamais a esquecerei!
Um beijo grande

ci disse...

detesto vinho...:)

beijinhos da ci

Crystalzinho disse...

João, é mesmo muito bonito. Portugal tem tantos sitios lindos para descobrir e nós temos tendência para apreciar mais o que está no estrangeiro.
bjs

Crystalzinho disse...

Ci, não me digas!! O vinho têm imensos poderes terapeuticos!!
Bjs

AGRIDOCE disse...

Deve ser bonita essa viagem.

Um dia, também a farei.

E, se for para um hotel romântico, espero não me deitar e ficar só... a sonhar com o meu amor. Para mim, a viagem perderá todo o encanto.

Que tenhas um bom fim de semana Dourado e boa viagem.

Bjs

Nanny disse...

Tenho andado por aí nos últimos tempos e estou completamente rendida à beleza da região.

Ainda na 4ª feira jantei na Régua, à beira Douro (no Douro In), com aquela vista deslumbrante (ainda que de noite, não deixa de ter muita beleza) e bebi um belo vinho do Douro... humm que saudades.

Só o trabalho me impede de disfrutar mais dessas belezas, mas faz-se o que se pode.

Beijinhos da gata

elsa nyny disse...

Olá!!!

Ui!!! Como eu gostaria de fazer essa viagem!! Deve ser linda! Linda! Linda!!

Muita força!!
Tudo de bom!

:)

Crystalzinho disse...

Agridoce, também espero que não precises sonhar.
Bjs

Crystalzinho disse...

Nanny, mesmo tendo que trabalhar sempre podes desfrutar da beleza e ficar rendida à paz que ela nos transmite.
Bjs

Crystalzinho disse...

Elsa, acho que devias mesmo fazer... vale bem a pena. Deviamos descobrir todos os cantinhos maravilhosos do nosso país.
E quando fores não te esqueças de contar como te sentiste.
Bjs

ci disse...

eu sei...mas não combina aqui com o je...:)

beijinhos da ci

SAM disse...

É uma terra fantástica é...Ganda Porto...pena ser ás vezes tão fechado...

Um grande beijo Crytal!

SAM disse...

É uma terra fantástica é...Ganda Porto...pena ser ás vezes tão fechado...

Um grande beijo Crytal!

Fallen Angel disse...

Abençoado refugio... descansa o corpo. E com um trago desses néctares divinos, faz a alma elevar-se. ;-)

Beijocas.

Crystalzinho disse...

Ci
Está bem estrelinha, gosto de ti na mesma.
Bjs

Crystalzinho disse...

Sam
Pronto, está bem!! Não precisas ser tão efusivo!!
Por momentos parecia que estavas a festejar a vitória de algum clube!!
E se for isso... não pode ser!!
Neste blog só se aceitam manifestações clubisticas de cariz Benfiquista!! Que isto é um blog democrático, como podes ver.
Bjs

Crystalzinho disse...

Angel, que remedio tenho senão descansar o corpo, embora preferisse descansar a alma.
Bjs

Francis disse...

é muito bom sim sra...

já não vou para esses lados há demasiado tempo...

marta disse...

Bons lugares, bons ares, bons vinhos e boa comida, e se amor estiver ao lado, nada mais falta para a felicidade.

Crystalzinho disse...

Francis, então é tempo de lá voltares. Aproveita as dicas e diverte-te.
Bjs

Crystalzinho disse...

Marta, pois isso é que seria o cenário ideal!!
Bjs

Trivialidados disse...

Aqui esta um post daqueles que eu adoro. A menina (espero que não leve a mal), não se anda a tratar nada mal, um Redoma tinto condiderado um dos melhores vinhos Portugueses. Adorei a descrição do Douro vinhateiro, e da sua paisagem em contraste com o vinho. Eu sou um apaixonado por vinho, simplesmente adoro o seu sabor, paladar e o seu corpo. Um abraço.

Crystalzinho disse...

Tri, temos tanto em comum!!
Bjs

Moinante disse...

Já fiz com a minha familia o cruzeiro no Douro desde Peso da Régua até Barca D'Alva , todos adoramos , é uma das mais belas regiões do país .
Abraços , Crystalzinho .

noivo disse...

Sou supeito para falar do douro, porque todas as minhas raízes são de lá. Adoro tudo que existe nessa região, das gentes aos costumes, dos petiscos aos vinhos, terminando nas suas belas paisagens! Aproveita!

Crystalzinho disse...

Moinante e Noivo, obrigada pela visita.
O Douro tem tudo de bom: belas paisagens, um vinho de grande qualidade e uma comida de comer e chorar por mais!! Que mais alguém pode querer para se sentir no paraíso??
Bjs

vicio disse...

1000 contos a garrafa?
um gajo depois de beber desse vinho tem de atar uma guita no dito cujo pra não mijar dinheiro!!

Crystalzinho disse...

Vicio, isso é só para estômagos muito delicados!!
Bjs

Rafeiro Perfumado disse...

Ainda não consegui fazer essa viagem, Douro acima, emborcando e apreciando a paisagem. Mas a vida ainda é longa (espero)!

Crystalzinho disse...

Rafeiro mas não podes emborcar muito senão nem consegues ver a paisagem!
Bjs

M. Araújo disse...

Parece que há muita gente que gostaria de viajar pelo Douro e não pode realizar esse desejo. Proponho uma viajem de sonho sem sair de casa visitando todo o Douro desde Barca de Alva ao Porto.
Clic aqui http://dourolindo.blogspot.com