domingo, 25 de fevereiro de 2007

UM PASSEIO PERTO DE NÓS: LISBOA DAS INDIAS.

“ Se o inverno chega, a primavera não pode estar distante”, dizia um poeta.
É com este pensamento que, da centenária Fábrica dos pastéis de Belém, olho o prédio revestido de azulejos da Fábrica de Massarelos, com uma grega em azul, amarelo e branco e escamas nas empenas a norte, estas bem coloridas, onde a ardósia deu lugar à cerâmica vidrada.

O pastel de nata de Belém é uma receita conventual feita à base de nata de leite, açucar e gemas de ovo. O segredo é guardado a sete chaves. Na casa do segredo prepara-se de véspera o creme, e aí fica a repousar até ao dia seguinte, com a porta fechada e a chave no bolso. Há muito que este segredo é partilhado apenas por quatro pessoas que nunca viajam juntas.

A Fábrica ocupa o terreno do antigo Palácio Guarda Mor dos Jerónimos. A fiada de edifícios que se segue foi construída no chão salgado dos antigos jardins do Palácio dos Duques de Aveiro. Aí esgue-se a coluna dos Távoras, evocando o episódio da incriminação desta família no atentado contra D. José e a luta entre o Marquês de Pombal e a nobreza tradicional. O chão foi então salgado para que aí mais nada crescesse.

O Mosteiro dos Gerónimos domina a praça..

Vou lá: uma visita aos Jerónimos tem necessáriamente de ser demorada, para ser uma verdadeira visita. Todas as belezas ali existentes devem ser cuidosamente examinadas: o trabalhado de todos os pormenores, as imagens, os túmulos, as colunas, as abóbodas, especialmente a do transepto, que nenhuma coluna sustenta, as pinturas, o coro, o claustro, um dos mais belos do mundo, a sala do capitulo, a capela de Cristo.

Ali perto temos a antiga Real Barraca, hoje Palácio da Ajuda. E o de Belém.Valem a visita.
Como à Igreja da Memória, ao Jardim Botânico, ao Museu dos Coches, atravessar a Praça do Império ( lá está Afonso de Albuquerque) e ir à Torre de Belém, sem dúvida um dos mais belos monumentos de Lisboa, arquitectura oriental erigida na praia do Restelo, famosa por ser o ponto de onde os navios partiam mar fora para as grandes descobertas.
Mas passeiam por Lisboa, pavorasamente perdidos, estrangeiros aqui como em toda a parte.

“ Outra vez te revejo
Lisboa e Tejo e tudo-,
transeunte inutil de ti e de mim
estrangeiro aqui como em toda a parte
casual na vida como na alma
fantasma a errar em salas de recordações
o ruído dos ratos e das tábuas que rangem
no castelo maldito de ter que viver”

(Fernando Pessoa)

Viver? Com que sentido? Com que respostas às eternas perguntas?
Passear e esquecer: Gosto de ver quem amo, de olhá-lo de frente, em vez de comtemplá-lo de viés ou de costas... Uma estátua é de frente que deve estar patente. E as traseiras do templo não são para os devotos.

Passeiem!

46 comentários:

AGRIDOCE disse...

Essa zona de Lisboa e os pontos que indicas, geralmente, são reconhecidos pelos estranjas com quem falo de Lisboa e já aí foram, havendo dos outros que falam que serão locias a visitar quando aí forem.
Quase sempre que venho daí (quase, só para não se tornar obrigação) trago uns quantos pacotes de pastéis de Belém para a malta das unidades com quem contacto mais (gostando dos que por cá se fazem, conseguem distinguir bem quando são originários de Lisboa). Desaparecem num ápice.
Boa semana de trabalho

Nanny disse...

Ainda esta semana fui tomar um café ao CCB... hehe!

Só não me passeei porque estava uma tarde muito fria, mas adoro ir para a beira rio nessa zona, mais ainda do que ver os monumentos... gosto mais de paisagens que de edificações.

Belo passeio o teu. Continua!

Beijo da gata

Fallen Angel disse...

Linda e justa homenagem, Crystalzinho. E concordo. As traseiras do templo são para os profanos e para a devassidão. ;-)

Beijo.

marta disse...

A fome que me fizeste!!!
Adoro Pasteis de Belém, Um dos ingredientes é farinha maizena.

SAM disse...

Quem não fez a escola primaria não conhece este passeio!lololol fomos todos obrigados a fazê-lo e ainda bem!

boa posta essa!

beijão amiga!

Crystalzinho disse...

Agri, eu adoro pastéis de Belém mas ainda quentinhos, depois de frios parece que não são tão bons.
Para a próxima leva-lhes uns fofos de Belas ou uns travesseiros de Sintra, que eles irão deliciar-se!!
Boa semana de trabalho (e não só) também para ti

Crystalzinho disse...

Nanny, fazes bem gostar mais de paisagens!! Eu concordo contigo mas apreciar obras de arte, como são aqueles monumentos, também sabe muito bem.
Bom mesmo é passear seja no campo, na praia, ou na cidade.
Bjs

Crystalzinho disse...

fallen, não era para levares assim à letra, nê -)))
Bjs

Crystalzinho disse...

Marta, só de pensar neles já me sinto mais gorda!!! mas que tentação!!
Pior é que eu gosto de acompanhar os pastéis com uma bela cerveza!!
Já sei, a maior parte do pessoal acha que não combina... mas como combina!!
Bjs

Crystalzinho disse...

Sam, existe locais que são obrigatorios visitar e ainda bem!!
Temos coisas tão bonitas neste nosso cantinho e parece que só vemos beleza no que está longe!!
Vamos mas é começar a conhecer melhor o encanto de Portugal.
Bjs

Entre linhas... disse...

Crystalzinho passei por aqui para te desejar uma óptima semana,com muitos passeios "doces":)))


Beijinhos Zita

Crystalzinho disse...

Obrigada Zita, aparece sempre para passeares comigo.
boa semana

Pontos_nos_psis disse...

Quando vou aos pasteis de Belém cometo, invariavelmente, o pecado da gula....heheh... agora que me lembraste deles, estou a ver que não consigo resistir e lá irei fazer-lhes uma visitinha. Beijokas

Crystalzinho disse...

Pontos, vê se não te esqueces aqui dos amigos!!
Bjs

elsa nyny disse...

Olá !!!

Que passeio deslumbrante!!!

beijinhos pa ti!
:)

ci disse...

assim mesmo temos k aproveitar o k ta msm debaixo do nosso nariz...:)eh eh

beijos incomuns

Crystalzinho disse...

Elsa, ainda bem que gostaste do passeio.
Bjs

Crystalzinho disse...

Ci, devemos valorizar o nosso cantinho que é tão mal tratado!!
Bjs

LB disse...

E nós passeamos...! Então não?

Beijinho

Lua de papel disse...

e como combina (cerveja e pasteis)
tou cá com uma "fome"
bjs

AGRIDOCE disse...

Cerveja com pastéis de nata?
Pensava que era meu estranho gosto monopolizado completamente pelo meu egoísmo. Não?
Paciência! Até me estou a sentir mais normal.
Bjs.

Francis disse...

já morei em belem, só um ano, mas digo-te que ás tantas é uma grande confusão por causa dos turistas, muito transito, muita gente...não gostei. e ianda por cima não aprecias a envolvencia.

Crystalzinho disse...

Ib, tu tiras as fotos para mais tarde recordar!!
Bjs

Crystalzinho disse...

Lua, até que enfim apareceste já temia que tivesse havido algum eclipse!! Já vi que não resististe ao cheiro do pastelinho de nata!!
Quem sai aos seus não degenera, não é??
Venha de lá o pastelinho e a cerveja e faz-me companhia!
Bjs

Crystalzinho disse...

Agri, é para veres que não és o único maluco no mundo!!
Aproveita e faz-nos companhia1
Bjs

Crystalzinho disse...

Francis, eu não gosto de morar em cidades por causa disso! É confusão demais... Gosto de lá ir, visitar e regressar ao sossego!
Bjs

João JR disse...

Olá:)
Adoro esta zona de Lisboa, e amo os belos pasteis de belém!!! Passio muito por aí tb.
Beijinhos grandes

Crystalzinho disse...

João, então junta-te ao clube.
Bjs

SAM disse...

hô amiga manda-me um mail para samuel@avsouto.com e passas a receber ofertas e novidades de viagens/ofertase etc de operadores nacionais/internacionais e tb da minha agência.

beijo gande gande

Crystalzinho disse...

Sam, obrigada
Bjs

Trivialidados disse...

A menina vai levar uma multa por colocar água na boca aos bloguianos (será assim que se escreve?), ao falar dos fabulosos pasteis de Belém. Já estou a imaginar aquele creme a casca ... Um abraço.

António Rosa disse...

Encontramo-nos na fase última de sintonia fina, em que a Nave Terra exige de nós uma maior compreensão do nosso corpo físico. Como cuidá-lo.Como amá-lo. Como felicitá-lo. É toda uma reaprendizagem.

Abraço

António

Crystalzinho disse...

Tri, assim com esses pormenores é que nos deixas com água na boca.
Bjs

Crystalzinho disse...

António, e uma aprendizagem bem difícil
Beijos

Moinante disse...

Há já algum tempo que não passo nessa zona ( um ano talvez ), mas nos anos de 87/88 cumpri serviço militar no " Regimento de Lançeiros de Lisboa " situado mais ou menos a meio da Calçada da Ajuda , portanto conheço toda essa zona ,todos esses monumentos e inclusivé outros locais que não estão a bertos ao publico ( como a DAC " Direcção da Arma de Cavalaria " , tem uns interiores fabulosos ,Tapada das Necessidades , entre outros ) , como as minhas próprias mãos .
Que saudades do belo pastel , quentinho ...Que saudades...
Um bom fim de semana ...

Crystalzinho disse...

Moinante, o melhor é voltares a visitá-los e terminar a comer o belo do pastel!
Bjs

david santos disse...

Olá!
Viva Lisboa!
Parabéns

Trivialidados disse...

Bom fim de semana.

Crystalzinho disse...

David, que viva e sempre bela!
Bjs

Crystalzinho disse...

Tri, bom fim de semana também para ti.
bjs

Rafeiro Perfumado disse...

Por vezes esquecemo-nos das belezas que temos tão perto de nós. Eu só há 3 anos é que fui à Torre de Belém, e continuo sem ir à Assembleia da República.

R.J disse...

Atraves do nosso bem estar conseguimos alcançar todos os nossos sonhos, as nossas metas, os nossos desejos...
Através do nosso bem estar conseguimos ser melhores e ajudar os que nos rodeiam...
Tudo começa no nosso interior...
E porque o nosso bem estar é importante para nós e para a nossa felicidade, pode contar comigo para ajudar
http://saudetransformacao.blogspot.com/
Obrigada por este minuto de atenção...

Crystalzinho disse...

Rafeiro, então acho que deves ir. A Assembleia da Republica é lindissima por dentro e a maior parte de nós não conhece.
Bjs

Crystalzinho disse...

r.j., obrigada pelas suas sabias palavras.
Bjs

O Lobo disse...

Vim cá só visitar-te e dizer que a partir de agora o teu blog tem link no meu no tópico "amigos na blogosfera"

Um abraço

Crystalzinho disse...

Lobo, obrigada amigo.
Volta sempre.
beijos