terça-feira, 28 de novembro de 2006

A ESSÊNCIA DA VIDA

A vida é demasiado preciosa e simultaneamente curta para desperdiçarmos tempo excessivo com bens materiais. Por vezes, é tarde para perceber quanto foi mal gasta e infrutífera a nossa energia sacrificada em favor da recolha, da posse, da acumulação e ampliação de bens, de coisas, de dinheiro.
Justificam-se tantos sacríficos? tantas coisas que nos escapam?

4 comentários:

Aninhas disse...

Olá.
Vim cá espreitar e vou daqui cheia de "inveja" das férias...
;-)

voyeur disse...

Crystalzinho gostei da visita sim senhor! É assim mesmo e « mainada ». Abraço. ;-)

Anónimo disse...

Essa é uma verdade cristalina, mas pouco praticada.
O texto dá a entender alma poética neste Crystalzinho.

BLOGADO

Goldenheart disse...

Nossa!! Que surpresa!! Como descobriste o meu blog? Pelo que vejo andas muito viajada,sim senhor! Eu se pudesse faria o mesmo, pois adoro viajar!!!
Tens um blog altamente, continua!
Teu fã, Goldenheart